Logo IFRJ

IFRJ na defesa do Parque Realengo Verde

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Rodney Albuquerque, representando o reitor do IFRJ, professor Rafael Almada, esteve no auditório da Universidade Castelo Branco, campus Realengo, na audiência pública do parque Realengo Verde, realizada no dia 8 de junho.

Compuseram a mesa: o pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFRJ, Rodney Albuquerque, representando o reitor, Rafael Almada; os deputados federais:  Benedita da Silva, Otávio Leite, Luiz Sérgio; os deputados estaduais: Waldeck Carneiro, Zeidan, Gilberto Palmares e o vereador Reimont. Representando a sociedade civil, o presidente do conselho municipal de segurança e ambientalista, Alberto Carlos Martins; o ator Mário Gomes e, do Clube de Engenharia, Valério Tozin.

Rodney Albuquerque disse que o IFRJ apoia o Parque Realengo Verde, que trata da construção de um parque urbano no terreno de cerca de 142mil m2, onde funcionava a antiga Fábrica de Cartuchos do Exército. Segundo o pró-reitor, é preciso uma reflexão sobre os assuntos ambientais, para que cesse a banalização de direitos fundamentais. “Proponho uma reflexão, porque estes indícios rompem com a ecosofia de Félix Guatarri e suas 3 ecologias, que respeitam as relações sociais, a subjetividade humana e o meio-ambiente”.

Segundo o pró-reitor, qualquer política que vá contra as 3 ecologias é equivocada, e o único caminho é a educação, em especial na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. “Era para estarmos discutindo aqui a expansão de educação pública,  e não como se dá, de forma escusa, o processo de especulação imobiliária”.

O professor do IFRJ campus realengo, Fernando Bezerra, esteve presente na solenidade.

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO