Logo IFRJ

Histórico

HISTÓRICO DO ENSINO DE GRADUAÇÃO NO IFRJ

O Ensino de Graduação na instituição teve início a partir do ano 2000, com a transformação, em 1999, da Escola Técnica Federal de Química do Rio de Janeiro (ETFQ-RJ) em Centro Federal de Educação Tecnológica de Química de Nilópolis (CEFET  Química de Nilópolis-RJ).

 2003: Início dos cursos de graduação no IFRJ, com ingresso das duas primeiras turmas: Curso Superior de Tecnologia em PROCESSOS QUÍMICOS INDUSTRIAIS (Campus Rio de Janeiro), atual Curso Superior de Tecnologia em PROCESSOS QUÍMICOS,  e Curso Superior de Tecnologia em PRODUÇÃO CULTURAL (Nilópolis). Neste período o setor responsável pela graduação era denominado Gerência de Integração Pedagógica, tendo o Professor Anderson Domingues Corrêa como responsável.

2004: Início dos cursos de Licenciatura em FÍSICA e Licenciatura em QUÍMICA (ambos no Campus Nilópolis). Nesse mesmo ano foi implantado o Curso Superior de Tecnologia em QUÍMICA DE PRODUTOS NATURAIS (atualmente extinto devido a sua não inserção no Catálogo Nacional dos Cursos Superiores de Tecnologia). A partir desse ano foi criada a Gerência de Ensino Superior, em substituição à Gerência de Integração Pedagógica.

2005: Ano de criação da Diretoria de Graduação (DIGRAD), tendo como dirigente a Profª Maura Ventura Chinelli.

2006: Início do Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL (Campus Nilópolis).

2007: Início do Curso de Licenciatura em MATEMÁTICA (Campus Nilópolis). 

2008: Implantação do Curso de Bacharelado em FARMÁCIA (iniciado no campus Nilópolis e, em 2009, transferido para o Campus Realengo). Ao final do ano foi promulgada a Lei Nº 11.892/2008,  que instituiu a Rede Federal de Educação profissional e houve a transformação do CEFET Química de Nilópolis-RJ em Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ).

2009: Ano marcado pelo início da nova institucionalidade e pela maior expansão da história do Ensino de Graduação do IFRJ, com início de 07 novos cursos: Bacharelado em CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Campus Rio de Janeiro), Curso Superior de Tecnologia em GESTÃO AMBIENTAL (Campus Rio de Janeiro), Bacharelado em FISIOTERAPIA (Campus Realengo), Bacharelado em TERAPIA OCUPACIONAL (Campus Realengo), Licenciatura em FÍSICA (Campus Volta Redonda), Licenciatura em MATEMÁTICA (Campus Volta Redonda) e Licenciatura em QUÍMICA (Campus Duque de Caxias). Neste ano, a partir da nova institucionalidade, foi criada a  Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROGRAD) em substituição da DIGRAD, tendo como Pró-reitora a Profª Mônica Romitelli de Queiroz e como Pró-reitora Adjunta a Pedagoga Elizabeth Augustinho. No mesmo ano foi instituído o Conselho Acadêmico de Ensino de Graduação (CAEG). 

2010: Adesão ao Sistema de Seleção Unificado (SISU), do MEC, para ingresso de estudantes ao ensino de graduação, com reserva de 40% das vagas ofertadas para candidatos oriundos de escolas públicas.

2011: Início do Curso de Licenciatura em MATEMÁTICA (Campus Paracambi) e Bacharelado em QUÍMICA (Campus Nilópolis). No período foi elaborado o documento Diretrizes para Flexibilização de Estrutura Curricular  de Cursos de Licenciatura, documento de construção coletiva que resultou na reestruturação e atualização de todos os cursos de licenciatura ofertados na instituição.

2012: Ano marcante para o Ensino de Graduação do IFRJ, quando os oito cursos implantados em 2009 foram avaliados pelo INEP e reconhecidos pelo MEC, com destaque para o curso de Licenciatura em Física (Campus Volta Redonda) que obteve conceito máximo (5) na avaliação. Nesse mesmo ano teve início o curso de Bacharelado em PRODUÇÃO CULTURAL em substituição ao CST em PRODUÇÃO CULTURAL (Campus Nilópolis) e foi criado o Grupo de Discussão Sobre Ensino de Engenharia (GDEE), visando a elaboração de diretrizes institucionais para a criação de cursos de Engenharia, de diferentes áreas, na instituição. Aprovação do Programa de Educação pelo Trabalho em Saúde (PET SAÚDE / PROSAÚDE) pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação, implantado no campus Realengo. 

2013: Inauguração da CLÍNICA ESCOLA (Campus Realengo). Aprovação do novo projeto institucional submetido ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) pela CAPES. Co-realização do IV IFRJ em Debate - Ações Afirmativas no IFRJ: o sistema de cotas. Oferta da I Oficina de Criação de Cursos de Graduação no IFRJ. Ano de Celebração dos 10 anos do Ensino de Graduação do IFRJ. A partir da Lei Nº 12.711/12 (Lei de cotas) a reserva de vagas para candidatos oriundos de escolas públicas é reconfigurada.

2014: O Prof. Hudson Santos da Silva assume como Pró-reitor, tendo a Pedagoga Elizabeth Augustinho, como Pró-reitora Adjunta. Ano de Reconhecimento dos Cursos de Bacharelado em QUÍMICA (Campus Nilópolis) e do Curso de Licenciatura em MATEMÁTICA (Campus Paracambi). Inicio do Curso Superior de Tecnologia em JOGOS DIGITAIS (Campus Eng. Paulo de Frontin). Publicação da Revista da Graduação, periódico bimestral que visa ser mais um canal de comunicação da Pró-reitoria de ensino de graduação- PROGRAD com o estudante. Por meio dela, o graduando tem acesso a notícias e informações que dizem respeito à sua formação, além de ter contato com as ações exitosas realizadas nos diferentes campi.

2015: Foram reconhecidos os cursos de Bacharelado em QUÍMICA (Campus Nilópolis) e FISIOTERAPIA (Campus Realengo). Realização da I Imersão do Ensino de Graduação do IFRJ, no campus Rio de Janeiro.

2016: A Pedagoga Elizabeth Augustinho assume como Pró-reitora e a Pedagoga Cássia Lisbôa assume como Pró-reitora Adjunta. Reconhecimento do Curso de Bacharelado em PRODUÇÃO CULTURAL. 

2017: Início do Curso de Licenciatura em Computação (Campus Pinheiral). Realização do Fórum de Pró-reitores de Graduação da Região Sudeste (FORGRAD Sudeste), sob a Coordenação dessa pró-reitoria, no IFRJ/Campus Rio de Janeiro. Reconhecimento do CST em Jogos Digitais. Publicação dos Cadernos PROGRAD IFRJ, composto de 4 volumes, visando criar um novo canal de comunicação acadêmica, por meio da publicação de livros eletrônicos e, assim, contribuir na reflexão sobre temáticas pertinentes ao ensino de graduação. Realização da II Imersão do Ensino de Graduação, no campus Nilópolis (dias 23 e 24/10/2017). Implantação da reserva de vagas para ingresso aos cursos de graduação (via SISU) para deficientes (Lei 13.409/2016).

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO