Logo IFRJ

IFRJ na Reditec

reitor, pró-reitores e diretores-gerais do IFRj na Reditec

Representantes trocam experiências e celebram dez anos de funcionamento dos Institutos Federais de Educação

A abertura da 42ª Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec) teve como pauta a celebração de uma década de existência dos Institutos Federais. A solenidade, que aconteceu no dia 10 de setembro, contou com a participação de gestores de Educação Profissional e Tecnológica do Brasil e do mundo.

A saudação inicial foi feita pelo reitor do Instituto Federal Fluminense (IFF), Jefferson Manhães, que destacou a importância da Reditec como um momento de pensar e repensar o fazer educativo. Além disso, evidenciou a revolução que a nova institucionalidade proporcionou à sociedade, por meio de sua expansão por todo o país, com o impulso das ações de ensino, pesquisa, extensão, inclusão, inovação e internacionalização.

O Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) foi representado pelo reitor Rafael Almada; pela pró-reitora de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, Alessandra Ciambarella; pela pró-reitora de Extensão, Cristiane Henriques; pelo pró-reitor Planejamento e Administração, Igor Valpassos; pelo pró-reitor de Desenvolvimento Institucional, Valorização de Pessoas e Sustentabilidade, José Arimathéa Oliveira; pelo pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, Rodney Albuquerque; pelo diretor de Articulação Institucional, Eládio Bandeira e pela coordenadora-geral de Comunicação Social, Juliana Santos.


Orquesta de Violões do IFF / Crédito: Gildo Júnior IFRR

Alguns diretores-gerais de diferentes campi do Instituto também estiverem presentes, dentre eles: diretor do campus Arraial do Cabo, David Barreto; diretor do campus Belford Roxo, Fábio Soares; diretor do campus Eng. Paulo de Frontin, Ricardo Kneipp; diretora do campus Mesquita, Maylta Brandão; diretor do campus Nilópolis, Wallace Vallory; diretor do campus Paracambi, Aldembar Sarmento; diretor do campus Pinheiral, Marcos Fábio de Lima; diretora do campus Realengo, Elisa Pôças; diretora do campus Resende, Silvia Trajano; diretor do campus São Gonçalo, Tiago Giannerini; diretor do campus São João de Meriti, Sérgio Moraes e o diretor do campus Volta Redonda, André Isnard.

De acordo com o reitor do IFRJ, Rafael Almada, a Reditec é importante não só pelo encontro da Rede Federal, mas, principalmente, pela troca de experiências com outros gestores. “Essa troca fortalece a compreensão de que algumas ações realizadas no IFRJ têm um alinhamento com outras instituições ou identifica ações que podem ser melhoradas com experiências e vivências de outros gestores”, disse. O reitor comentou sobre a relevância do evento para o IFRJ: “Para o Instituto, a Reditec possui um impacto direto numa gestão em que grande parte dos administradores começaram gestões agora, seja nos campi, seja na reitoria e isso vai alavancar as ações para que possamos errar menos, desenvolver mais e ter o protagonismo do diálogo com toda a Rede Federal”, falou.  

Em comemoração aos dez anos de criação dos Institutos Federais, foi apresentado aos gestores da rede o selo comemorativo da data. O jornalista do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Vinícius Bazenga, foi um dos criadores da marca, que foi escolhida após um concurso que envolveu profissionais de vários institutos do Brasil.


Vinícius Bazenga apresentando o logo / Crédito: Gildo Júnior IFRR

Para o diretor-geral do campus Pinheiral, Marcos Fábio de Lima, o encontro é de grande valia pela quantidade de assuntos que são colocados em pauta: “Tive a oportunidade de trocar informações sobre intercâmbio de estágio, fechando parcerias de estágios com outros estados. Além disso, o fórum do Sudeste nos possibilitou discutir questões como a evasão; a própria verticalidade que afeta a vida do alunos e professores e como pensar isso para o futuro; as questões de mobilidade acadêmica, pois falamos tanto de mobilidade fora do país, mas não temos um programa entre os institutos federais no qual o aluno possa ir para outros institutos e campi”, revelou. Marcos complementou: “Não tinha noção da dimensão do evento e está sendo muito produtivo, tanto profissionalmente como pessoalmente. Fui convidado para compor uma comissão que vai organizar a Reditec Sudeste, em Vitória. Estou muito feliz de poder compor essa comissão e levarei toda a experiência para o campus”, concluiu.

A Reditec é um espaço de formação, compartilhamento de experiências, consolidação de parcerias e reflexão sobre a educação profissional, voltado para reitores, pró-reitores, diretores sistêmicos e diretores-gerais de campi. É promovida pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC).

Para acessar a programação dos próximos dias, clique aqui.

 

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO