Logo IFRJ

II Encontro Nacional de NPDs (Núcleos de Produção Digital)

mesa de abertura do evento

O campus Paulo de Frontin, em parceria com o Centro Técnico Audiovisual (CTAv) realiza o II Encontro Nacional de NPDs (Núcleos de Produção Digital). O evento acontece nos dias 12 e 13 de dezembro no campus e 14 no CTAv, e tem o objetivo de avaliar e aprimorar a efetividade da política pública, analisando as atividades realizadas em 2018 e pensando em ações para 2019.

A partir da cessão de equipamentos e de um modelo de governança compartilhada, os NPDs ampliam o acesso dos cidadãos brasileiros aos meios de produção e edição audiovisual, de forma descentralizada e regionalizada. 

Rodney Albuquerque, pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação do IFRJ, falou sobre o evento: ”Para nós da PROPPI foi muito importante apoiar este encontro nacional no campus, que vem aos poucos se tornando uma referência nacional do audiovisual brasileiro, por meio dos jogos digitais”, falou. Ele complementou: "Temos orgulho da Polimex, vencedora nacional do programa Células Empreendedoras, ser uma das startups que entraram no último edital do NPD", completou. 

Daniela Pfeiffer, coordenadora-geral do Centro Técnico Audiovisual (CTAv), ligado à Secretaria do Audiovisual (SAv) do Ministério da Cultura (MinC), afirmou que o II Encontro Nacional dos NPDs representa um marco importante no desenvolvimento e aprimoramento das políticas de atuação dos Núcleos. "Nesses três dias de programação intensa, representantes de Núcleos de todo o país estão vivenciando uma oportunidade única de trocas e aprendizados. O fato do II Encontro ser realizado em parceria com o NPD Paulo de Frontin reforça seu protagonismo na produção de jogos digitais, contribuindo ainda para valorizar esse segmento na formulação das políticas públicas do audiovisual", declarou.

O diretor-geral do campus Engenheiro Paulo de Frontin, Ricardo Kneipp, concordou com o fato de que o evento consolida o Núcleo de Produção Digital do campus. "Essa consolidação vem a partir da publicização das ações realizadas pelas startups, pelas comunidades acadêmica do IFRJ CEPF e da região Sul Fluminense, fortalecendo a participação do mercado de games e diretamente O CST em Jogos Digitais no setor audiovisual regional e nacional", disse. 

O CTAv, segundo Rodney Albuquerque, que surge por meio de parceria com o National Film Board of Canada, é uma referência absolutamente fundamental para o audiovisual nacional, na produção, preservação e na formação de mão de obra para o audiovisual, um importante aliado do Instituto Federal do Rio de Janeiro - IFRJ.


Núcleos de Produção Digital

Para o pró-reitor, o NPD permite ao campus Eng. Paulo de Frontin disponibilizar à comunidade interna e externa acesso a um estúdio de TV, por meio de um espaço democrático, gratuito e acessível a todas as classes da sociedade. "O ambiente também será dedicado à difusão audiovisual por meio do Cineclube Manuel Congo, que priorizará a exibição de conteúdo brasileiro e latino-americano, visando à formação de plateia crítica e conhecedora de nossa diversidade. O cineclube iniciou suas atividades juntamente com as do núcleo, aperfeiçoando a atual estrutura humana, física, tecnológica e metodológica do campus", concluiu. 

Atualmente, 19 dos 25 núcleos localizados em 22 unidades da Federação estão reunidos em Engenheiro Paulo de Frontin, dentre eles: Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN); Instituto Federal do Maranhão (IFMA); Pró-Reitoria da Cultura, Comunidade e Extensão da Universidade Federal do Oeste do Pará (PROCCE/UFOPA); Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT); Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS); Instituto Federal de Goiás (IFG);  Instituto Federal de Brasília (IFB); Universidade Federal do Tocantins (UFT) e NPDs em cidades como: São Luís (MA), Fortaleza (CE), Curitiba e Londrina (PR), Belém (PA), Terezina (PI), João Pessoa (PB), Goiânia (GO), Aracaju (SE), Recife (PE) e NPD SC.


Felipe Barros, Gabriel Fernandes e José Ricardo

 

 

 

 

 

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO