Logo IFRJ

Museu ambulante invade o Campus Rio de Janeiro

O Campus Rio de Janeiro recebeu uma visita inusitada, o Museu da Imagem Itinerante da Maré (MIIM) foi ao campus no dia 4 de outubro. O professor de Sociologia Francisco Valdean, que é morador da comunidade desde 1994 e a fotografa desde 2004, foi o idealizador desse projeto.

Na realidade, o MIIM é uma caixa de papelão, com um tamanho de 37cm X 26cm e possui, por dentro, três exposições: imagens monoculares, imagens em negativo e uma pesquisa em andamento, que, ao mesmo tempo, está sendo compartilhada. Pela facilidade, o museu é levado debaixo dos braços pelo seu idealizador, para qualquer canto. “Um dia o levei para um churrasco, quando acabou, uma moça foi lá e jogou o museu de lado, foi uma situação engraçada”, contou.

Conceitualmente, o projeto vai até as pessoas, o que o torna diferente de um museu tradicional. Francisco comentou, também, as reações das pessoas. “São duas descobertas: a primeira gera dúvidas em pensar se isso realmente é um museu, e a segunda é a surpresa ao ver que sim”, falou.

Ao longo da palestra, Valdean contou sua trajetória de vida, destacando que trabalha desde novo, mas sempre almejando evoluir nos estudos. Dessa forma, ele conseguiu concluir o ensino médio na Escola Bahia, na Maré - onde posteriormente viria a dar aula - e engatou dois anos de pré-vestibular. Francisco passou para o curso de graduação em Ciências Sociais, na Universidade do Estado Rio de Janeiro (UERJ) e, na própria UERJ, concluiu seu mestrado. Hoje faz doutorado e sempre tem a Maré como objeto de estudo.

A palestra foi mediada por Pâmella Passos professora de História do Instituto, que exaltou a importância em apoiar esse projeto. “É incrível, ele abre uma banquinha e mostra o museu na porta de casa, é revolucionário, no sentido da mudança que isso pode trazer”, afirmou.

A exposição mostra fatos da Maré, além do cotidiano da comunidade. O MIIM já tem agenda marcada até o próximo ano, comprovando o sucesso do projeto de Francisco.

Colaboração: Fernanda Monteiro

ASSUNTOS

SERVIÇOS

REDES SOCIAIS

NAVEGAÇÃO